De vendedor de crack, a Rapper mais bem pago, conheça a história do A$AP ROCKY

Rakim Mayers mais conhecido como A$AP Rocky é um rapper americano que explodiu no cenário musical em 2011 e logo depois lançou seus álbuns “Long.Live.A $ AP” e “At.Long.Last.A $ AP”.

Mayers começou sua vida no Rap com 9 anos de idade, quando se mudou para Harrisburg, Pensilvânia. Ele aprendeu a fazer Rap com seu irmão mais velho Ricky Mayers, que também usava o penteado das tranças francesas que Mayers adotou mais tarde.

E como a maioria dos grandes rappers, a infância e adolescência do A$AP não foi nada fácil, aos 12 anos ele viu seu pai sendo preso por causa do tráfico de drogas, e logo 1 ano depois seu irmão foi assassinado pelo mesmo motivo.

A morte do seu irmão inspirou Rocky a levar o Rap mais a sério. Mayers cresceu admirando o grupo de Rap The Diplomats. Ele também foi influenciado pelo Mobb Deep, Three 6 Mafia, UGK, Run DMC, Wu-Tang Clan e Bone Thugs-n-Harmony.

A$AP Rocky vendeu drogas enquanto se deslocavam para abrigos para pessoas sem-teto com sua mãe e sua irmã. Aos 15 anos, ele estava vendendo crack no Bronx. Depois de viver por um período em um abrigo com sua mãe em Nova York, ele se mudou para o centro de Manhattan.

Em 2007, A$AP juntou-se ao grupo da A$AP Mob, um coletivo de rappers, produtores, diretores de música, designers de moda e motoqueiros que compartilhavam interesses semelhantes em música, moda, estilo e arte. Foi formado por A$AP Yams, A$AP Bari e A$AP Illz. Em julho de 2011, Rocky lançou seu single “Purple Swag”, que rapidamente tomou conta das ruas na cidade de Nova York.

 

O primeiro álbum solo de RockyLong.Live. A$AP, foi lançado em 13 de janeiro de 2013. Seus muitos convidados incluíam Kendrick Lamar, Florence Welch, 2 Chainz, Joey Bada $$, Santigold e A$AP Ferg. O álbum ficou no topo da Billboard 200, e gerou quatro singles: “Goldie”, “Wild for the Night”, “Fashion Killa” e “F **** n ‘Problems” – a última faixa sendo o maior sucesso do álbum, apresentando participações de Drake, 2 Chainz e Kendrick Lamar. Alcançou a 8ª posição na Billboard Hot 100 Chart, vendendo 3 milhões de cópias apenas nos EUA.

 

Embora 2013 tenha sido um ano de conquistas para Rocky, seus sucessos foram agridoces porque seu pai havia falecido em dezembro de 2012 (“Veja meu pai no céu, ele é da realista G”, ele twittou). Rocky disse a vice que seu pai tinha sido uma grande influência nele em termos de moda. “Ele era um tipo de cara limpo… Ele me disse para sempre ser você mesmo e sempre se sentir confortável com qualquer decisão que você faça, porque você escolheu fazê-lo. Só porque algo não serve não significa que não esteja certo.”

O segundo álbum de Rocky teve uma mudança de direção. At.Long.Last. A$AP foi lançado em 26 de maio de 2015. Co-produzido pelo eclético super-produtor vencedor do Grammy, Danger Mouse, que trabalhou com todos, desde Norah Jones até o Black Keys, contou com participações especiais de Kanye West , Future, MIA, Mark Ronson e – inesperadamente,o veterano roqueiro Rod Stewart no single “Everyday”. O álbum também contou com um cantor, Joe Fox, que estava sem casa quando ele se aproximou de Rocky nas ruas de Londres e tentou vender-lhe um CD. Em vez disso, Rocky pediu à Fox para cantar para ele e ficou tão impressionado que imediatamente o convidou para um estúdio gravar (a Fox acabou apresentando cinco músicas).

Musicalmente, At.Long.Last. A$AP soa muito melhor do que seu primeiro disco, Rocky; Sua influência psicodélica se manifestou no único “LSD”. Nas entrevistas, Rocky falou abertamente sobre seu uso da droga alucinógena: “Isso me ajuda a lidar com a vida”, disse ele à Billboard . “Eu tenho feito essas coisas desde que entrei na indústria. As pessoas estão com medo de falar sobre isso.

 

A partir de 2017, o patrimônio líquido da ASAP Rocky foi estimado em US $ 6 milhões.

 

3 thoughts on “De vendedor de crack, a Rapper mais bem pago, conheça a história do A$AP ROCKY

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *